Zenaide Maia cobra medidas para gerar emprego e critica reformas trabalhista e da Previdência

A senadora Zenaide Maia (Pros-RN) cobrou em Plenário medidas para gerar emprego e renda, dizendo que não há pauta mais importante hoje em dia no Brasil. Ela lembrou que há 38 milhões de brasileiros desempregados ou subempregados. Além disso, 13,5 milhões de pessoas, um número maior do que a população de Portugal, vivem na extrema pobreza. Ela criticou a urgência que se deu à reforma da Previdência, a seu ver na contramão das necessidades da população.

— Com todo o respeito a esta Casa, com toda essa urgência de não permitir que os brasileiros se aposentem, principalmente os trabalhadores, não vão convencer a população de que estão tirando privilégios, porque não estão, porque, se 60% do povo brasileiro ganham, no máximo, até dois salários mínimos, e esses que vão ser condenados a não se aposentar, é claro que não está se tirando privilégios. Agora, como pode o Congresso Nacional eleger outras centenas de pautas aqui como urgências?

Ler mais

Reforma da Previdência representa uma das maiores violências contra as mulheres, afirma Zenaide

Ao destacar o Dia do Professor, comemorado nesta terça-feira (15), a senadora Zenaide Maia (Pros-RN) disse em Plenário que a reforma da Previdência (PEC 06/2019) representa uma das maiores violências contra as mulheres, já que representam mais de 70% do corpo docente do país.

Zenaide mencionou dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) segundo os quais há 30,5 milhões de lares do Brasil chefiados por mulheres que ganham menos de dois salários mínimos por mês. A senadora observa que a reforma (PEC 6/2019) condena essas mulheres a mais sete anos de trabalho para se aposentarem com a idade mínima exigida, que conforme o texto, passará a ser de 62 anos.

Ler mais

CDH vota inclusão do tema da violência contra a mulher na educação básica

 

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) tem reunião deliberativa agendada para esta quinta-feira (26), às 9h. Há 9 itens na pauta. Entre eles, o Projeto de Lei (PL) 1.909/2019, que pretende incluir conteúdos relativos à prevenção da violência contra a mulher como temas transversais.

O texto também adiciona o tema dos direitos humanos no rol dos componentes curriculares obrigatórios da educação básica. De autoria da senadora Rose de Freitas (Podemos-ES), a matéria tem parecer favorável da senadora Zenaide Maia (Pros-RN).

Ler mais

No senado, Zenaide defende que não dar aumento real para o salário mínimo é retrocesso

A senadora Zenaide Maia (Pros-RN) criticou, na quarta-feira (24), a proposta do governo Bolsonaro de não dar aumento real (acima da inflação) para o salário mínimo. O projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) encaminhado ao Legislativo define que o valor do piso nacional em 2020 será corrigido apenas com a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Em discurso na tribuna, a senadora considerou um “retrocesso” a nova regra.

“Este governo traz mais este retrocesso para o nosso povo brasileiro, e isso é dinheiro tirado da economia, porque deixa de circular esse dinheiro na economia, no comércio principalmente”, enfatizou a senadora.

Ler mais

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com