Solidariedade deve marchar com chapa própria em Caicó

123

Prego batido e ponta virada: o Solidariedade de Caicó não vai se unir aos grupos políticos do deputado Vivaldo Costa, nem dos prefeitos Álvaro Dias e Batata. Como outros partidos de esquerda estão sinalizando composição com um desses grupos tradicionais, o Solidariedade já estuda seguir em frente sem coligar com outros partidos, numa chapa puro sangue.

Para companheiro de chapa de Diego Vale, pré-candidato a prefeito, o Solidariedade estuda nomes como do ex-secretário Max Azevedo, da ex-diretora do Abrigo, Goretti Silva, ou dos professores Lucinete Costa e Moacir Dantas, todos filiados ao Solidariedade Caicó.