Sebrae orienta escolas particulares para retomada das atividades

69

A expectativa é de que as aulas sejam retomadas a partir do próximo mês e, para auxiliar os estabelecimentos de ensino particular a adotar os protocolos e medidas de bioprevenção para garantir a saúde dos envolvidos, o Sebrae no Rio Grande do Norte reuniu 85 empreendedores do setor educacional esta semana para apresentar as diretrizes do programa Reinicie.

A ação leva orientação das diversos setores da economia sobre o retorno das atividades com segurança em relação ao novo coronavírus (Covid-19). O acesso a linhas de crédito voltadas aos pequenos negócios também entrou na pauta da reunião online.

A ideia é apoiar esses empreendimentos a estruturar e organizar pelos próximos 30 dias processos internos e os protocolos, colocando-os em prática e assegurar tranqulidade para pais, alunos, professores e demais envolvidos. Será montado um arranjo institucional, que será executado em parceria com o Sesi, junto a esse público com consultorias especializadas capazes de atender a essa demanda de bioprevenção no ambiente escolar, desde a parte de higiene, distanciamento e atendimento. Isso porque pesquisa feita pelo Sebrae apontou que 95% das escolas já conhecem as normas estabelecidas mas precisam de auxílio para implantá-las.

A campanha ‘Reinicie’ envolve capacitações, consultorias e outras ferramentas, como cartilhas nas áreas de comércio, serviços, indústria e agronegócios, que serão disponibilizadas para download. O suporte contempla ainda vídeos explicativos, oficinas, palestras e orientações técnicas.