Aldeias Infantis SOS lança Campanha Nacional no Brasil

62

As Aldeias Infantis SOS lançou esta semana, no Brasil, a Campanha Nacional #SOSPrecisamosContinuar, voltada para a captação de recursos, financeiros e materiais, neste momento de emergência. Na imagem acima você poderá ter um preview da identidade da Campanha, que será veiculada em nosso site e redes sociais.

Para dar suporte a campanha, foi criado também uma página que reúne conteúdos sobre como a Organização está enfrentando os desafios da Covid-19, dicas de prevenção e orientações para viver, da melhor maneira possível, o isolamento social em família.

“Neste momento de Pandemia em que estamos passando, precisamos, ainda mais, da colaboração e compreensão dos brasileiros. Aqui em Caicó, por exemplo, temos muitas famílias em situação de extrema vulnerabilidade que precisa da ajuda das pessoas. Por isso, contamos com a sua ajuda para oferecermos dignidade nesse momento de crise humanitária”, destacou Santiago Júnior, gestor das Aldeias Infantis SOS no RN.

Em Caicó, faça sua doação através do seguinte endereço eletrônico – doe.aldeiasinfantis.org.br/caico Você pode conferir todo o conteúdo por meio deste link: https://www.aldeiasinfantis.org.br/coronavirus

Confira o Texto oficial da Campanha:

#SOSPrecisamosContinuar

A Aldeias Infantis tem como missão garantir um futuro digno para milhares de crianças e adolescentes em todo o mundo e sabe da importância fundamental das famílias para o pleno desenvolvimento desses jovens. Mas neste momento o futuro não pode esperar!

O que se apresenta diante dessas famílias hoje é uma Emergência Social. E nós não podemos deixá-las desamparadas. Um grande número de vidas está em risco e, por isso, precisamos dar uma resposta rápida e eficaz.

Para poder agir rapidamente, estamos criando o Fundo de Emergência Humanitária, em uma campanha nacional para arrecadação de recursos financeiros e materiais. Desde o dia 20 de março, as doações recolhidas nas ruas, que representavam 85% dos recursos doados para a Aldeias Infantis SOS Brasil, foram paralisadas. Mas acreditamos no poder da solidariedade e confiamos no apoio da sociedade brasileira neste momento de adversidade.

Por isso, ​​queremos ampliar nosso atendimento e apoiar outras milhares de famílias vulneráveis, nas 31 localidades em que atuamos no país. ​Mas para isso dependemos da sua ajuda, pois a quantidade de famílias atendidas dependerá exclusivamente da quantidade de recursos arrecadados.

Além do suporte psicossocial, precisamos levar ajuda humanitária a essas famílias. E isso inclui assistência material como cestas básicas, kits de higiene e uma série de outras ações que garantam a sobrevivência das populações mais atingidas pela crise do coronavírus.

Nossos profissionais têm, ainda, a necessidade urgente de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para continuar prestando atendimento dentro dessas comunidades, sem oferecer riscos para eles e para essa população extremamente vulnerável.

O Fundo de Emergência Humanitária vai garantir também a manutenção dos projetos já em curso, como o acolhimento de mais de 500 crianças e adolescentes em nossas 59 Casas Lares de norte a sul do país, e a continuidade do apoio às mais de 2 mil famílias já atendidas pela organização, incluindo as venezuelanas em refúgio. Contamos com vocês para superarmos essa crise. #SOSPrecisamosContinuar

Mais do que nunca, é hora de nos unirmos, use a #SOSPrecisamosContinuar, compartilhe as publicações e nos ajude a chegar ainda mais longe. #VaiFicarTudoBem #FicaEmCasa