Campanha “Fique em Casa com o Sesc RN” apresenta medidas para amenizar transtornos do isolamento social

82

Povos do mundo inteiro estão sofrendo os efeitos da pandemia do novo coronavírus e no Rio Grande do Norte não poderia ser diferente. Pensando em amenizar os efeitos do isolamento social, necessário neste momento, o Serviço Social do Comércio (Sesc RN), entidade do Sistema Fecomércio RN, criou em suas plataformas digitais a iniciativa “Fique em Casa com o Sesc”.

A ideia consiste em levar para dentro das casas diversos conteúdos e incentivar as pessoas a realizarem atividades de lazer, saúde, educação e cultura, mesmo diante do isolamento, gerando interação social por meio da internet e gratuitamente, para os conveniados e público em geral. A campanha Fique em Casa com o Sesc já está disponível no Instagram (@sescrn), na página do Facebook (Sesc RN), no Youtube (Sesc no RN) e no Twitter.

O Sesc RN atende milhares de pessoas no RN, seja nas escolas, nas modalidades esportivas, nas unidades móveis do Sesc Saúde Mulher e Odontosesc, nas clínicas odontológicas, nas bibliotecas e demais projetos. Para continuar a atender este público e toda a sociedade norte-rio-grandense, os colaboradores estão estimulando a leitura, contação de histórias, atividades físicas, inclusive com aulas de dança transmitidas ao vivo pelo Instagram no formato live, e brincadeiras para entreter as crianças.

Outra medida, foi a criação de um canal direto com o público, em que um profissional de saúde está disponível para tirar dúvidas e esclarecer a cerca do Covid-19, de segunda a sexta-feira, entre às 9h e 15h. Por meio do whatsapp, no número (84) 99124 1734. O mesmo modelo foi colocado em prática pelo Trabalho Social com Idosos do Sesc (TSI), disponibilizando contato para envio de exercícios de memorização e aulas de canto, para os membros do coral.

Já o serviço do restaurante da unidade Rio Branco, que chegava a atender uma média de mil pessoas dias, o atendimento continua de maneira especial, em que as refeições são servidas por meio de quentinhas, as quais são retiradas diariamente ou enviadas às empresas, com preços subsidiados para atender a população. Vale lembrar que boa parte dos clientes são comerciários e pessoas ligadas aos serviços essenciais que não estão suspensos.

Na parte da assistência, o projeto Mesa Brasil do Sesc mantém o seu funcionamento com a rede de solidariedade realizando a coleta de alimentos e materiais de higiene, que estão sendo doados às instituições e comunidades carentes cadastradas, como forma de combater a fome e o desperdício de alimentos. O diretor regional do Sesc RN, Fernando Virgilio, solicitou um reforço na campanha e nas doações, justificando que as entidades carentes continuam em funcionamento e muitas delas atendem à grupos de risco na sociedade.