Grupo promove intervenções artístico-culturais no Ceres Currais Novos

402

No dia a dia acadêmico, uma pausa para relaxar é sempre muito bem-vinda e, para promover esse relaxamento, a música é um ótimo veículo. No Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), em Currais Novos, um projeto promove intervenções artístico-culturais buscando estimular a vivência cultural do ambiente universitário – o Danô-se! Tem cultura no Ceres Currais Novos.

A ideia inicial de criação do projeto surgiu em 2017, quando Rani Sousa, aluna do curso de Administração, observou que, em alguns eventos que aconteciam no Centro, eram convidados artistas da comunidade externa e vários dos discentes da instituição eram artistas e não tinham a oportunidade de mostrar os seus talentos. “Há no Ceres muitos instrumentistas, cantores e alguns atores, mas não se apresentavam no local. Em um dos eventos realizados no campus não teve apresentação artística por não haver tempo hábil para contratação de artistas”, lembra.

Diante desse fato, Rani pensou em como poderia organizar os artistas da instituição para que pudessem se apresentar nesses eventos. “Compartilhei minha ideia com um amigo e colega de turma, Thiago Almeida, guitarrista conceituado na cidade e, juntos, começamos a planejar e organizar o projeto”, revela.

Pediram sugestões de nomes aos colegas e depois de alguns debates e votações, escolheram Danô-se! Tem cultura no Ceres Currais Novos. Em seguida, foi a vez de convidar alguns artistas discentes do campus para organizar a primeira apresentação, que aconteceu no dia 22 de novembro de 2018 — Dia do Músico — sob a coordenação da professora Edneide Maria Pinheiro Galvão, do Departamento de Ciências Sociais e Humanas do Ceres. “A iniciativa foi muito bem recebida no ambiente acadêmico”, comemora Rani.

O projeto tem uma equipe de alunos/artistas que planeja e organiza as apresentações. A proposta do Danô-se é integrar alunos de diferentes cursos do campus em Currais Novos. Do curso de Letras Português, participa do projeto a cantora Ilamarque Azevedo; o cantor e multi-instrumentista Michael David; e o saxofonista e maestro da filarmônica da cidade de Currais Novos (Banda Musical Maestro Santa Rosa), Herywelton Nóbrega. Do curso de Letras Língua Espanhola, fazem parte do projeto os cantores Renilda Mirian e Luan Henrique, este último também é baterista e percussionista. Do curso de Turismo, faz parte do Danô-se o violonista, baixista e pianista, Levi Araújo, e, do curso de Administração, a cantora Lidiane Louise, o cantor, violinista e guitarrista Thiago Almeida e a percussionista Rani Sousa.

Em algumas ocasiões, além dos alunos pertencentes ao grupo, são convidados músicos da comunidade externa, como na festa junina do campus organizada pela Inovatur, empresa júnior do curso de Turismo do Ceres, quando participaram o sanfoneiro Manoel Benedito e o baixista Admilson.

Danô-se já se apresentou em eventos realizados fora do campus, como no X Seminário de Ensino, Pesquisa e Extensão (Sepe) realizado no Ceres em Caicó e na aula pública realizada no centro da cidade de Currais Novos, em maio de 2019. As apresentações externas são dificultadas pelo fato de vários alunos residirem nas cidades circunvizinhas, mas o grupo procura superar os obstáculos para levar o projeto para outras localidades.