Associações empresariais conduzirão estudos internos para ampliar debate sobre permanência do comércio aberto em horário de almoço

Associações empresariais conduzirão estudos internos para ampliar debate sobre permanência do comércio aberto em horário de almoço

A audiência pública para discutir a permanência do comércio durante o horário do almoço pontuou demandas importantes de Caicó, como a questão da segurança pública, trânsito e infraestrutura urbana. Os empresários que compareceram a Câmara de Vereadores na noite desta terça-feira (20) entenderam a necessidade de avaliar a abertura das portas no horário de almoço, para que o comércio tome mais força e vigor.

Da audiência ficou firmado que as associações empresariais conduzirão estudos internos para ampliar o debate. Hoje Caicó tem 31 empresas que funcionam em horário estendido, mas na abaliação do presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas, João Batista, não adianta abrir só por experiência. É uma questão cultural que levará algum tempo para os primeiros resultados, sempre com essa união entre iniciativa privada e Poder Público.

O propositor da audiência foi o vereador Pastor Erinaldo Lino. A reunião contou com a representação da Casa do Empresário – que reúne associados da ACISC, CDL e Sindivarejo, Polícia Militar, UFRN, SEBRAE, além da presidente da Casa Legislativa Rosângela Maria e o vereador Alisson Jackson.

Wllana Dantas

Deixe uma resposta

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com