Encontro discute avanços e desafios da pecuária leiteira do Nordeste

Encontro discute avanços e desafios da pecuária leiteira do Nordeste

Os desafios e as novas tecnologias para aumentar a produtividade e agregar valor a produtos artesanais derivados do leite no Nordeste serão discutidos no Rio Grande do Norte, durante a edição do Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados (Enel), que será realizado no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, entre os dias 5 e 7 de agosto.

O evento deverá reunir duas mil pessoas, entre produtores, profissionais, especialistas e estudantes da região em torno da programação, que conta palestras, oficinas, concurso de queijos e dias de campos com treinamentos práticos.

Para se ter a devida noção da importância da pecuária leiteira, basta saber que mesmo com a redução do rebanho bovino em geral, a produção de leite cresceu segundo o último Censo Agropecuário, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). No Nordeste, a produção de leite subiu de 3,5 bilhões de litros em 2013 para 3,8 bilhões de litros em 2017, um crescimento de 8,2%. No Rio Grande Norte, a bacia leiteira teve um incremento ainda maior, superior a 14%, saindo de 209,1 milhões de litros por ano para 239 milhões de litros no mesmo intervalo. Por isso, o setor busca rumos para aumentar a competitividade das propriedades que tem o leite e os derivados como base dos negócios e fortalecer essa atividade.

Wllana Dantas

Deixe uma resposta

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com