Projeto exige ponto eletrônico e proíbe uso de celular por profissionais em unidades de saúde

144

O Projeto de Lei 2136/19 torna obrigatória a implantação de ponto eletrônico digital em todas as unidades de saúde públicas e proíbe o uso de telefones celulares nesses locais.

Pelo texto, o Cartão de Ponto Eletrônico Digital deve ser implantado em todas as unidades de saúde, bem como nas unidades de pronto atendimento (UPA) e hospitais públicos, e se aplica a todos os servidores, incluídos os médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde.

A proposta estabelece que o registro se dê em local de fácil acesso à população geral, contendo nome e número de matrícula de cada servidor público que ali está lotado. De acordo com o projeto, os médicos devem registar a sua presença de hora em hora no referido cartão para comprovação do expediente.