Núcleo de acessibilidade e inclusão será criado no TRE/RN

49

Membros da Comissão de Acessibilidade do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte analisaram  nesta quarta-feira proposta de  alteração na resolução n.º 05/2012, que possibilitará a criação do Núcleo de Acessibilidade no âmbito da Justiça Eleitoral.

Vinculado à Assessoria de Planejamento e Gestão Estratégica, a criação do núcleo está prevista na Resolução 230/2016, do Conselho Nacional de Justiça. No TRE-RN  terá como objetivo executar as propostas e ações oriundas da Comissão Permanente de Acessibilidade com foco no conforto, atendimento, locomoção e inclusão dos servidores e eleitores.

A deliberação fez parte da primeira reunião presidida pelo juiz eleitoral Ricardo Tinoco. Também foram apresentadas sugestões para melhorar o atendimento ao eleitor com deficiência. O TRE-RN se prepara para realizar, em breve, mais uma audiência pública para debater o assunto com entidades representativas e interessados.
A reunião da Comissão Permanente de Acessibilidade e Inclusão contou com a presença do  juiz Ricardo Tinôco, dos servidores Décio de Medieors, Rodrigo Vilarim, Machelle Xavier, Virgínia Coelli Rocha e Maria do Rosário de Fátima Guimarães.A diretora-geral, Simone Mello, também participou como convidada da Comissão.