Preço médio para novos contratos de aluguel sobem acima da inflação

61

Os preços anunciados para novos contratos de aluguel subiram mais que a inflação nos primeiros 5 meses do ano. Segundo pesquisa Fipezap, o valor médio anunciado para locação de casas ou apartamentos subiu 3,5% no acumulado até maio.

Já a inflação, calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 2,22% no mesmo período – o que significa um aumento real de 0,84% nos preços de novos alugueis.

A variação medida pela pesquisa considera apenas os preços dos anúncios para novos contratos de aluguel residencial – ou seja, não levam em conta contratos já existentes de aluguel de imóveis, que são geralmente ajustados por índices como o Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M).