Foi inaugurado nesta terça-feira (11) o novo prédio do Sistema Nacional de Emprego (SINE) no bairro de Candelária, em Natal. O SINE é faz parte das obras de apoio ao fortalecimento da governança do Projeto Governo Cidadão. Os investimentos somam R$ 2,5 milhões, concedidos pelo Projeto por meio do Banco Mundial.

O SINE é um órgão de assistência ao trabalhador que procura por auxílio na busca por emprego. Sua atuação cobre o cadastramento no banco de dados, intermediação da mão de obra, encaminhamento a cursos de qualificação social e profissional além de orientar sobre os benefícios e importância do Seguro-Desemprego.

Presente na cerimônia de inauguração, o governador Robinson Faria reforçou a importância social de uma sede totalmente nova e estruturada do SINE. “Tudo tem de ter um começo e o começo tem de ter um endereço, endereço que faça interlocução entre o setor público e privado. É no SINE que começa a nascer a esperança de emprego para uma família. Estamos hoje entregando um equipamento moderno com dignidade para as famílias norte-rio-grandense que virão buscar melhorar as suas vidas”, declarou.

O edifício é totalmente novo, com uma área total de 1880 m² e um estacionamento que comporta mais de 70 vagas. Além dos serviços do SINE, a sede também servirá para atendimentos cidadãs de outras instituições públicas – terá sala de audiência, gabinete de juiz, Procon, Juizado Especial e Detran. Todos os equipamentos são adequados para o conforto do cidadão e qualidade na hora do atendimento.

Jáder Torres, secretário da Infraestrutura e coordenador do Projeto Governo Cidadão, reitera a grandiosidade do investimento. “Facilitar o acesso à procura de emprego a quem necessita é, também, pensar na geração de renda. Quantos mais trabalhadores empregados, mais renda familiar e melhor qualidade de vida à população. O Governo Cidadão investe nesse objetivo, tanto na capital como em todas as regiões no RN”, completa.

Emocionada, a secretária da Sethas Olga Pinto, discursou sobre o antes e o depois do SINE. “Os servidores estavam trabalhando num lugar insalubre. Agora vocês [servidores] poderão dar à população um serviço muito melhor do que era dado antes. Isso aqui ficará para os servidores e para população”.

Desde 2014 à 2017, o SINE contabilizou 125 mil pessoas cadastradas no sistema e 30 mil encaminhadas à inserção profissional. Reconstruir e reestruturar um órgão tão importante faz parte do desenvolvimento sustentável, principal componente do Governo Cidadão, por trazer emprego e renda à população.