Já é destaque no Jornal Bom Dia Paraíba uma fuga em massa na Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes, em João Pessoa.De acordo com informações da Polícia, cerca de vinte homens chegaram em quatro carros e dispararam várias vezes contra as guaritas, o alojamento e o portão principal, que foi derrubado após uma explosão. Houve troca de tiros entre os bandidos e policiais militares e agentes prisionais.

Mais 100 presos fugiram do presídio que tem capacidade para 660 presos e atualmente tinha 680 detentos. Até o momento 28 presos foram recapturados e a polícia continua em diligencias para recapturar os demais.  A Polícia Civil investiga o caso, e as primeiras informações apontam que o objetivo era resgatar quatro homens que foram presos no mês passado em Lucena, na região metropolitana de João Pessoa, após um ataque a um carro-forte. Eles são acusados de integrar uma quadrilha que atua em todo o país na explosão de caixas eletrônicos e carros-fortes.