Os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) se reuniram em assembleia geral para deliberar sobre a paralisação geral do próximo dia 10 de agosto, amanhã. Além da paralisação, a assembleia discutiu sobre a jornada de 30 horas e a representação dos servidores nos órgãos colegiados da universidade.

Durante a plenária, os servidores aprovaram a paralisação juntamente com a realização de ato público, que acontecerá em frente à guarita do Campus Leste da UFERSA Mossoró. O objetivo, segundo os servidores, “é mostrar como os constantes ataques e cortes de investimentos têm prejudicado a qualidade do serviço público e retirado os direitos dos trabalhadores”.